google-site-verification: googleaaf98edddc966aba.html

Aikido é religião ?

Este é um tema bastante discutido no meio do aikido, alguns grupos não aceitam separar as duas coisas, outros, não vêm necessidade de aliar esses conceitos, Aikido e religião.

O fundador do Aikido era bastante religioso, adepto da religião Oomoto, mas nem por isso, ele obrigou seus uchideshi (alunos) a praticá-la.

Primeiramente é necessário entender o conceito de religião.

Religião é um termo de origem latina e que significa “religação” com o divino (Deus). São diversas religiões espalhadas pelo mundo, onde cada indivíduo tem por livre e espontânea vontade escolher qual deseja seguir, por exemplo, o cristianismo, islamismo, budismo, hinduísmo e dentre outros.

É fato que alguns instrutores de Aikido responsáveis por Dojo durante a abertura ou encerramento de um treino, realizam alguma oração, reza ou mantra, de acordo com a sua religião, principalmente rogando para que o treino ocorra sem incidentes. Já outros preferem apenas fazer a reverência à foto do fundador do Aikido e aos demais praticantes, e mesmo este tradicional cumprimento oriental faz com que algumas pessoas confundam com religião.

Os cumprimentos e os procedimentos executados no tatame derivam da cultura japonesa, portanto preservar esse protocolo é manter a tradição da arte. Assim como no Brasil cumprimentamos com um aperto de mão, em outros países como os árabes o cumprimento se faz com beijo no rosto entre homens, de forma que os japoneses se cumprimentam curvando-se.

A sociedade japonesa prioriza gestos de gentileza e a reverência em arco é uma das principais formas pelas quais as pessoas nesse país mostram respeito umas às outras. A palavra japonesa para “curvar-se” ou “arco”, é ojigi (お辞儀).

Acredita-se que esta reverência passou a ser usada em algum momento durante os períodos Asuka e Nara (538-794 dC), era um reflexo de status – por exemplo, diante de uma pessoa de posição social mais elevada, fazer o arco seria uma forma de demonstrar gentileza ou de se colocar em uma posição mais “submissa” ou “vulnerável”.

Num próximo Post aprofundaremos mais sobre os tipos de reverências japonesas.

Portanto Aikido não é religião, mas a instrução e o refinamento do espírito. Você não será convidado a fazer parte de nenhuma seita ou doutrina religiosa, mas sim a manter sua mente e espírito sempre abertos.

Em nosso Dojo os alunos ficam a vontade para executar ou não as reverências, caso sintam que há um conflito interno, com o tempo perceberão que se trata apenas de mera formalidade.

Religião...bom...cada um que continue com a sua..ou sem nenhuma..todos são respeitados.


71 visualizações

CONTATO: WhatsApp (11) 97426-8232

Endereço: Rua Emile Pilon,56

 

Cep:13202-560

Vila Árens | Jundiai-SP 

dojoaikidojundiai@gmail.com​

Endereço: Rua Plínio Pereira Neves, 430

Cep:13041-220

Jardim Leonor | Campinas-SP

dojoaikidocampinas@gmail.com

© 2018 desenvolvido por Jireh dojo Aikido